Navegar para Cima
Iniciar sessão

Promover o sucesso dos nossos clientes é promover o nosso sucesso.


Temos uma equipa de profissionais qualificados, capazes de dar resposta às dúvidas e incertezas dos nossos clientes através 

de um clima de confiança que fomente o desenvolvimento de novos projectos de investimento. Estamos disponíveis para prestar todos os esclarecimentos, satisfazer as necessidades daqueles que recorrem a nós e encontrar soluções adequadas. 

 

A Económico Fundos de Investimento - Sociedade Gestora de Organismos de Investimento Colectivo, S.A. é uma sociedade gestora de fundos, constituída nos termos da Lei Angolana e supervisionada pela Comissão do Mercado de Capitais. É constituída por uma equipa de profissionais especializados que têm como principal objectivo a gestão das poupanças dos seus Clientes, visando um crescimento sustentado das mesmas. 63% do seu capital social pertencem ao Banco Económico, S.A., uma das entidades bancárias mais credíveis de Angola. 35% do seu capital social pertencem à GNB – Gestão de Activos, S.G.P.S, SA. 

 

Um Fundo de Investimento Imobiliário é um património autónomo que resulta da aplicação de poupanças de entidades individuais ou colectivas em bens maioritariamente imóveis. É um produto financeiro alternativo às aplicações tradicionais de poupança, tendo estas a vantagem de serem acompanhadas e geridas por profissionais especializados. A participação de cada cliente é representada por quotas (quotista).​​​​  

 

 

ACERCA DOS FUNDOS DE INVESTIMENTO  

 

Como e porquê investir em Fundos de Investimento? 

 

As Sociedades Gestoras, ao agruparem um elevado número de poupanças (constituindo assim os Fundos de Investimento) efectuam aplicações de elevados montantes em activos imobiliários, normalmente concretizadas por grandes investidores, permitindo assim a qualquer cliente ter acesso às rendibilidades inerentes a esses grandes investimentos. 

 

 

Com que tipo de Fundos iremos inicialmente trabalhar? 

 

Começaremos pelos Fundos Fechados que são constituídos por quotas em número fixo estabelecido no momento da emissão. Estes Fundos destinam-se a Investidores Particulares ou Institucionais que procuram diversificar o investimento em produtos de baixo risco, com um potencial de rendibilidade superior ao dos tradicionais depósitos a prazo. Os Fundos Fechados definem ainda, à data da sua constituição, o valor da carteira de aplicações. O capital global do Fundo é repartido por quotas de um dado valor nominal, com uma subscrição limitada por um dado período de tempo. 

 

 

Qual a política de gestão de um Fundo de Investimento Imobiliário? 

 

Um Fundo de Investimento Imobiliário destina-se fundamentalmente ao desenvolvimento de empreendimentos imobiliários, nomeadamente a construção de imóveis, aquisição de imóveis prontos ou o investimento em projectos para posterior venda ou arrendamento. A política de Investimento específica de cada Fundo consta do seu próprio Regulamento de Gestão. Assim, as Aplicações Imobiliárias devem seguir um conjunto de princípios e regras de investimento, nomeadamente a definição do tipo de activos e a proporção em que estes poderão integrar o património do referido Fundo. 

 

O Regulamento de Gestão é sempre entregue a todos os Clientes no momento da adesão (subscrição) ao Fundo. 

 

 

Como controlam os quotistas a política de Investimento de um determinado Fundo Imobiliário Fechado? 

 

Os quotistas (investidores do fundo) terão acesso a relatórios mensais de todas as actividades dos fundos de investimento em que participam. Sempre que possível, realizar-se-ão Assembleias Gerais com a presença dos quotistas.  

 

 

 

Contactos: 

Telf.: (+244) 222 693 600